terça-feira, 29 de junho de 2021

Os confins da Terra te louvarão - Série: Os Benefícios da Cruz



 Sl. 22: 27 e 28 - "Todos os confins da terra se lembrarão e se voltarão para o SENHOR, e todas as famílias das nações se prostrarão diante dele, pois do SENHOR é o reino; ele governa as nações."

Sl 22: 30 e 31 - "A posteridade o servirá; gerações futuras ouvirão falar do Senhor, e a um povo que ainda não nasceu proclamarão seus feitos de justiça, pois ele agiu poderosamente."

Terminamos aqui esta série de Ministrações sobre os Benefícios da Cruz, embora há uma infinitude da Graça do Nosso Deus provinda da Cruz do Calvário que ainda há de nos tocar de forma pessoal e também como Corpo de Cristo em nossa geração e nas futuras.

Nós aqui no Brasil, (literalmente nos Confins da Terra), diante de tantos sinais que apontam para a volta de Jesus, não podemos dizer que somos a última geração que se levantará antes do Glorioso Retorno de Jesus, como Rei, Poderoso para governar todas as nações da Terra, desde Jerusalém.

O Apóstolo Paulo, no entanto nos deixa uma clara impressão que ele entendia pertencer à geração que veria a volta de Jesus e que não teriam de passar pela morte.

Mas, como Jesus deixa claro em praticamente todas as parábolas que Ele usou para falar dos tempos que se antecipam à sua Volta, Ele dizia: - "TARDOU O NOIVO!"

Sabendo que sempre haveria entre os Cristãos Nominais, um grupo conhecido como a Noiva do Cordeiro, pessoas, que anseiam pelo Dia da Sua Vinda, e que sofrem de Amor por Jesus, tendo suas lâmpadas acesas e muito azeite reservado para o Nosso Encontro tão aguardado. 
Jesus em inúmeras ocasiões, mesmo tratando de situações que enfrentava ali com seus discípulos formando-os para o exercício de seu apostolado, jamais deixou de olhar com olhos de amor e com olhos de eternidade para nós, nos deixando muitas mensagens, que nos faz saltar o coração de alegria e de gratidão por seu Amor Incomparável.
Um destes exemplos e a tristeza que Marta, irmã de Lázaro demonstrou quando Jesus chega, dias depois da morte do seu irmão. Lembre-se: "Tardou o noivo!"

Jo. 11: 21 a 27 - "Disse Marta a Jesus: “Senhor, se estivesses aqui meu irmão não teria morrido. Mas sei que, mesmo agora, Deus te dará tudo o que pedires”. Disse-lhe Jesus: “O seu irmão vai ressuscitar”. Marta respondeu: “Eu sei que ele vai ressuscitar na ressurreição, no último dia”. Disse-lhe Jesus: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viveráe quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Você crê nisso?” Ela lhe respondeu: “Sim, Senhor, eu tenho crido que tu és o Cristo, o Filho de Deus que devia vir ao mundo”.

Jesus parece nos dar uma clara indicação, que nesta conversa sobre Lázaro, que uma mensagem para a nossa geração, para as que recentemente estão passando e para aquelas que estão se levantando agora: "Quem crê em mim, ainda que morra, VIVERÁ!" - Se tiverem que passar pela Morte, assim como eu terei de enfrentá-la, porque eu vou vencê-la, vocês VENCERÃO!

A Cruz não foi o FIM. Foi O Campo de Batalha da nossa Maior Vitória! "TRAGADA FOI A MORTE PELA VITÓRIA!!!!"

Jesus, tira de nós o maior medo; dá para nós a Maior Esperança; da Cruz do Calvário, Ele que não a espera, chegar fria, com ar de vitória, Jesus se lança contra ela bradando: - "ESTÁ CONSUMADO!" - Jesus arremeteu contra a morte, assim como todas as vezes que em seu tempo aqui neste mundo como Homem, demonstrou ter Poder e Autoridade contra a Morte, sempre a subjulgando, como foi neste mesmo caso de Lázaro.

Pois, foi justamente por causa da Ressurreição de Lázaro, que os sacerdotes, decidiram matar Jesus, e O Mestre se ausentou por um pouco de tempo até que voltasse enfim para se entregar por todos nós.
Pois na véspera de Jesus ser crucificado entregando-se por todos nós, que reunido com os seus discípulos, ora por eles e por nós. Tal oração relatada por João, o Discípulo amado, contem uma mensagem do Nosso Amado, que olhando para nós, orou ao Pai, pedindo não apenas por aqueles que com eles caminharam e foram discipulados para o início do Ministério Apostólico, mas, também por todos nós, a quem 
Ele viu, sabia, conhecia contemplava, quando orou por nós, pensando em nós... Orou ao Pai, por nós e para que possamos ser um...

Antes da Cruz, antes da traição, antes das dores, antes de ir para o Hades em nosso lugar, antes, de sofrer aquilo tudo, Ele olhou para nós e nos deixou palavra específica ao nosso coração:

Jo. 17: 15 a 23 - "Não rogo que os tires do mundo, mas que os proteja do Maligno. Eles não são do mundo, como eu também não sou. Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade. Assim como me enviaste ao mundo, eu os enviei ao mundo. Em favor deles eu me santifico, para que também eles sejam santificados pela verdade.

“Minha oração não é apenas por eles. Rogo também por aqueles que crerão em mim, por meio da mensagem delespara que todos sejam um, Pai, como tu estás em mim e eu em ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. Dei-lhes a glória que me deste, para que eles sejam um, assim como nós somos um: eu neles e tu em mim. Que eles sejam levados à plena unidade, para que o mundo saiba que tu me enviaste, e os amaste como igualmente me amaste."

FOI NA CRUZ, FOI NA CRUZ ONDE UM DIA EU VI, MEU PECADO CASTIGADO EM JESUS... FOI ALI PELA FÉ QUE MEUS OLHOS ABRI E AGORA ME ALEGRO EM SUA LUZ...

SIM EU AMO A MENSAGEM DA CRUZ. TÉ MORRER, EU A VOU PROCLAMAR! LEVAREI EU TAMBÉM MINHA CRUZ... TÉ POR UMA COROA TROCAR...

I'll never know how much it cost
To see my sin upon that cross

E EU NUNCA SABEREI O PREÇO DO MEU PECADO LÁ NA CRUZ


Paulo de Tarso, Apostolo
Igreja Betlehem

segunda-feira, 28 de junho de 2021

O Consumador da Fé - Série: Os Benefícios da Cruz



"Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus. Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma." Hb. 12:1-3

Aquele que creu do começo ao fim, Aquele que suportou as maiores adversidades e humilhações, Aquele que não se apegou a Sua posição de Deus, Aquele que não entregou os pontos, não jogou a toalha, mas fixou Seus que olhos no Pai, protegeu Seu coração com as promessas do Pai, que decidiu ser o exemplo para nós, É Ele, Jesus. 

Para aumentar nossa esperança, para não nos deixar esmorecer, para não nos deixar parar, para deixar claro que há um plano eterno com cada um, Ele reforça que grandes liberações foram consumadas na cruz justamente para vivermos Seus planos, termos paz e alegria sabendo que verdadeiramente Ele domina sobre tudo e todos. Nada escapa do Seu olhar, nada tira Sua atenção e foco. Seu alvo somos nós e todos os que estão a nossa volta. Estamos na mira do amor do grande Deus. Tão infinitamente grande, tão infinitamente Poderoso,  mas, tão incrivelmente acessível a todos.

Há perigos e obstáculos pelo caminho, mas, há um escape, há um Exemplo a seguir. É possível percorrer esse caminho e chegar no destino. Preciso olhar para o Exemplo e fazer igual. Não pegue atalhos, não tente encurtar o trajeto. Só há um caminho: JESUS.

Ninguém poderá fazer esse trajeto por nós. Cada um tem um trajeto pra atravessar. Assim, pra facilitar, vá largando a carga desnecessária. Largue o pecado, largue os pensamentos de impossibilidade, largue os sentimentos de derrota, largue o orgulho, largue sua vontade, largue a desobediência. Assim fica mais fácil prosseguir.

Limpe o coração, ajuste a armadura, fixe seu olhar em Cristo e respire, respire fundo e ande, não pare, não olhe pra traz, corra olhando fixamente pra Cristo. Ele conseguiu e nEle também vamos conseguir!
Tanto nos foi garantido por Ele. Tanto foi depositado sobre nós por Ele.

Incredulidade desonra a Deus. Sem fé não agradamos a Deus, sem atitude não agradamos a Deus e tão pouco viveremos as promessas. Jesus foi forte e corajoso porque sabia o que aguardava por Ele. O que Ele conquistaria valeria todo esforço e dores. Quem nos amaria tanto assim?! Seu esforço foi simplesmente para nos salvar. Continuemos! Vai valer o esforço. 

“Aquele que começou a boa obra em nossas vidas é fiel para completá-la até o dia de Cristo Jesus”! Fl. 1:6

Ester Fernandes, Pastora
Igreja Betlehem

 

 

 

 

 

 

O Poder da Reconciliação - Série: Os Benefícios da Cruz



Cl. 1:20 a 22 - "e que, havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele, reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus. E a vós outros também que, outrora, éreis estranhos e inimigos no entendimento pelas vossas obras malignas,..."

II CO. 5: 18 a 20 - E tudo isso provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo e nos deu o ministério da reconciliação, isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados, e pôs em nós a palavra da reconciliação. De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo que vos reconcilieis com Deus."

Quantas vezes nós deixamos nos abater por situações e problemas, nos esquecendo de quem é Deus? Quantas vezes culpamos a Deus por problemas causados por nossos atitudes? Quantas vezes nos afastamos de Cristo, por situações causadas por homens? 

Quantos de nós filhos de Deus, já passamos ou nos enquadramos a estas perguntas, mesmo frequentando e sendo uma igreja. A maior arma do inimigo é nós colocar contra o nosso Pai, nos afastando e nos separando de Deus, tentando apagar de nossa mente o sacrifício feito na cruz.
Sacrifício que nos trouxe paz e nos fez livres de acusações. Sacrifício que nos tornou herdeiros do grande e único Rei.

Não é possível que dia após dia, semana após semana, mês após mês, recebendo palavras, alimentos vindo direto do trono de Deus, continuemos a não viver algo novo, a não  usufruir de tudo o que Deus tem reservado pra nós.

Precisamos  viver firmes na fé! Viver firmes na fé e viver o sobrenatural de Deus. Viver firmes na fé e ser responsáveis com aquilo que recebemos de Deus, precisamos aprender a ser mordomos do Pai e valorizar as pequenas e grandes coisas que Ele nos deixou.

Nada e ninguém pode te afastar de Cristo, se não você mesmo. O inimigo pode e lança sementes malígnas contra nós, mas quando estamos firmes na fé, nada pode nos abalar. Essas sementes malignas secam e não vão poder produzir  frutos maus em nós! 

Precisamos ouvir o que foi proclamado na cruz  do calvário, através do sacrifício de Jesus, ele morreu para perdão dos meus e dos seus pecados, ele se sacrificou para que possamos viver livres.

E Ele quer se relacionar conosco diariamente, a cada decisão, a cada escolha, nosso Deus é um Deus de detalhes, Ele tem prazer em nos ouvir e nos mimar…

Então que nesta noite possamos deixar pra traz, tudo aquilo que tem tentando nos separar, que tem tentando mudar o propósito de Deus em nossas vidas e possamos nos reconciliar com o Único Digno de toda honra e toda glória!

Viva Cristo, reflita Cristo, seja um imitador diário de Cristo! Seja um verdadeiro Cristão! E não se esqueça! Se errar, se pecar, Ele estará pronto para te reconciliar com Ele!!!

Que possamos estar alicerçados e firmes na fé, sem nos afastarmos da esperança do evangelho!

Felipe Virgínio, Pastor
Igreja Betlehem

O Fruto do penoso trabalho de Jesus - Série: Os Benefícios da Cruz



O Senhor Jesus veio até nós realizar um trabalho. Um trabalho que o Pai já havia iniciado desde a fundação do mundo. 

Talvez algo que precisa ficar claro para Todos os cristãos é que Jesus não veio conquistar uma posição; Jesus desde o Principio dos dias Já Era...

Ele era... Ele é ... Ele há de vir 

O Príncipe dos exércitos de Deus, A resplandecente estrela da Manhã,
Maravilhoso, Deus forte, Príncipe da Paz.

Apesar de tudo o que Jesus é e sempre foi em Deus; Ele veio manifestar o Pai!

O coração do Pai foi manifesto em Cristo desde o Principio dos Dias Deus se ocupa de um trabalho: A restauração do Homem - Ap 13:8: " ....do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo."

Jesus é o cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo! 

O Senhor Deus tirou Abraão da terra de seus pais; Fez para si um povo; Entregou a este povo a sua lei; Os fez Sinal nesta terra... Fez O 

Seu Nome conhecido de todos.

Todo este trabalho tinha um objetivo: Que chegasse a Plenitude dos Tempos para manifestação de Cristo e através Dele a redenção dos homens, destituídos da Glória de Deus por conta do Pecado.

Fomos criados a imagem e semelhança de Deus para, semelhantemente a Cristo carregarmos a Glória de Deus.

Da Cruz do Calvário fluíram grandes benefícios para todos nós:  Curas,  Milagres, acesso ao Pai... Mas todos os Benefícios que a Cruz nos trouxe só podem se manifestar em nós a partir  do nosso Verdadeiro Encontro com Jesus naquele lugar de dor, vergonha e morte. É de lá que surge em nós a Dimensão da Eternidade em nossos corações.

Jesus não morreu para que pudéssemos ser curados de doenças nesta vida... Apesar deste benefício ser REAL...

Este não é o fruto do seu penoso trabalho;

Jesus não morreu para que Ele pudesse ser Digno; ELE SEMPRE O FOI!!!!

Este não é o fruto do seu penoso trabalho!

Is 53:10-12: "Todavia, ao SENHOR agradou moê-lo, fazendo-o enfermar; quando der ele a sua alma como oferta pelo pecado, verá a sua posteridade e prolongará os seus dias; e a vontade do SENHOR prosperará nas suas mãos."

Ele verá o fruto do penoso trabalho de sua alma e ficará satisfeito; o meu Servo, o Justo, com o seu conhecimento, justificará a muitos, porque as iniquidades deles levará sobre si.

Por isso, eu lhe darei muitos como a sua parte, e com os poderosos repartirá ele o despojo, porquanto derramou a sua alma na morte; foi contado com os transgressores; contudo, levou sobre si o pecado de muitos e pelos transgressores intercedeu."

Deus Agradou-se em moe-lo, porque Jesus é a consumação do trabalho do Pai!

Ele é a Restauração dos Homens 

Ele é o cordeiro que foi morto 

Ele é o Plano perfeito 

Ele é a Redenção 

E por meio dele o Homem pode de novo  exercer o propósito para o qual foi Concebido ; 

O Pecado nos afasta deste propósito Eterno pois Deus é Santo.

O que precisamos entender no fim é que o Senhor nos gerou e  nos concebeu com propósito de sermos portadores da sua glória; Todos nós!
 
Os Céus dos céus não conseguem conter a glória de Deus....

Mas Deus Gerou a nós Homens para sermos detentores da sua Glória.

Qual é o fruto do penoso trabalho de Cristo?

VIVA PARA MANIFESTAR A GLORIA DE DEUS A TODAS AS CRIATURAS NOS CÉUS E NA TERRA.

VOCÊ É O FRUTO DO PENOSO TRABALHO DE CRISTO!


Allan Buonanno, Profeta
Igreja Betlehem

Ovelha Muda - Série: Os Benefícios da Cruz

 



Muitos desde a infância aprenderam que se chegar em casa chorando porque o amiguinho na escola bateu, vai apanhar de novo, então a regra é: se te baterem dá o troco! outras regras que foram ensinadas ao logo da vida como também não levo desaforo para casa...


Ora se soubéssemos desde jovens como são as regras do Reino, não precisaríamos passar por um processo de regeneração, logo não precisaríamos de um Regenerador, mas isso não aconteceu... e precisamos sim nascer de novo.

O Amor viu isso e se dispôs a nos salvar de tantas deformações que  levam a destruição. Nos amou de Tal maneira que Deu seu único Filho para todo aquele que Nele crer não perecesse mas tivesse a vida Eterna.

Na obra da criação, vemos uma conversa coletiva: - "Façamos o homem a nossa imagem e semelhança". Que lindo esse interagir do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Como aprendemos o nome aponta para o chamado. Calma!  Você receberá uma pedrinha branca com o seu nome ainda  AP 2:17 . 
O Pai se encarregou de enviar seu anjo informando do fruto gerado pelo Espírito em Maria, sem dar a chance de o "pai" José e a mãe Maria escolher o nome, veja ...

Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: estando Maria, sua mãe, desposada com José, sem que tivessem antes coabitado, achou-se grávida pelo Espírito Santo. Mas José, seu esposo, sendo justo e não a querendo infamar, resolveu deixá-la secretamente. Enquanto ponderava nestas coisas, eis que lhe apareceu, em sonho, um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria, tua mulher, porque o que nela foi gerado é do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles. Mt 1: 18 a 21

Nascido Jesus, e convicto do propósito de sua existência, nisto focou, nisto foi obediente até a morte e morte de cruz, foi até o fim e nada o distraiu para que perdesse o alvo, o objetivo, o propósito... Qual o propósito? Nos Salvar de ser uma criatura destituída da Glória de Deus para sermos filhos.

Sem derramamento de sangue não haveria perdão dos pecados, e Jesus não só derramou seu sangue, mas, o entregou todo, até a última gota, até que saísse água...

"Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado ao matadouro, e como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a sua boca." Is. 53: 7 -

Por amor a nós e convicto do Propósito de sua existência, foi Fiel até o fim. 

CUIDADO COM AS DISTRAÇÕES !

E quanto a nós?  também nascemos com um propósito?

Claro que sim! E estarmos convictos do que devemos realizar,  cuidando para não cairmos em distrações que se apresentam de inúmeras maneiras (relacionamentos, pressões, cuidados desta vida, etc ),  e sim  focados e comprometidos com o propósito estabelecido pelo Senhor a nós.

Quando há convicção  quem somos e qual é o Propósito de Deus , entendemos porque nos relacionamos aqui. 
Porque tenho que congregar em uma igreja tão longe, porque nasci nessa família, nesse país , porque tenho esse trabalho , perdoamos , relevamos, suportamos, apoiamos, amamos,  perseveramos, refreamos as palavras e as reações, pois o propósito é o mais importante, e o meu irmão também carrega em si um propósito de Deus e não posso ser displicente quanto a isso.

O Silêncio como de  Ovelha muda, também silenciou o Céu  em meia hora ao desatar o último dos 7 selos  descritos em Apocalipse: 8! 

Quão importante é ser convicto e  comprometido ao Propósito que Deus Sonhou para nossas vidas, pois isso é desde o: 

“Façamos o homem a nossa imagem e semelhança."


Robson Zamorreño, Pastor
Igreja Betlehem 
 
 

quarta-feira, 26 de maio de 2021

O Triunfo sobre o mal - Série: Os Benefícios da Cruz


Colossenses 2: 6 a 15 - "Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele, nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças. Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo; porquanto, nele, habita, corporalmente, toda a plenitude da Divindade. Também, nele, estais aperfeiçoados. Ele é o cabeça de todo principado e potestade. Nele, também fostes circuncidados, não por intermédio de mãos, mas no despojamento do corpo da carne, que é a circuncisão de Cristo, tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo, no qual igualmente fostes ressuscitados mediante a fé no poder de Deus que o ressuscitou dentre os mortos. E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, encravando-o na cruz; e, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz."

Confesso que ao ler um tema como esse, logo imaginamos a luta do mocinho contra o vilão, numa luta épica com reviravoltas e no fim, depois de ter apanhado um monte, o mocinho vence...
 
Mas não é assim que a Palavra de Cl 2:6-15 relata como: "JÁ VENCEMOS", quando li este texto fiquei maravilhado com algumas partes que me saltaram aos olhos...
 
Em Cristo habita toda a Plenitude da Divindade, já pararam para imaginar isso? TODA, não é uma parte, mas TODA e se não bastasse isso ainda tem a PLENITUDE (Totalidade, integralidade) da Divindade,  MEU DEUS! De mais isso!

E por ele ser o Cabeça de todo poder e autoridade, nós recebemos também, por estarmos Nele, por sermos O Corpo de Cristo, este Poder e esta Autoridade para triunfar sobre o mal. O que precisamos para isso? DEVEMOS ESTAR EM CRISTO, versos 6, 7 e 9.
 
Para entender melhor a luta, precisamos entender contra quem ou contra o que lutamos.... O mal contra o qual lutamos diariamente e temos que vencer é o Pecado que fica bem claro quando lemos Gl 5:16-21, onde estão manifestas as obras da carne. Manifestação de tudo o que não presta na humanidade e nos afasta de Deus. O texto ainda diz que aqueles que praticam tais coisas não herdarão o reino de Deus. 
Penso: Por que além de ser uma luta contra práticas que são comuns para a maioria, ainda podem ser feitas até sem mesmo se notar que é errado, mas, mesmo assim nos afastam de Deus?

Costumava dizer quando jogava futebol: - "sem querer também é falta!"  Todos nós pecamos, agora o que vai fazer a diferença em sua vida é se você vai viver na prática do pecado ou vai ser arrepender de verdade e abandonar o Pecado.
 
Nossa luta só terá fim no dia que encontrarmos com O Nosso Senhor.  Isso é um fato! E até esse dia chegar temos que nos manter vigilantes. 

O Ap Paulo diz: “...o bem que quero fazer não faço, mas o mal este continuo fazendo”, Rm 7:19. Paulo estava deprimido ou estava maluco quando escreveu isso! NÃO! Nem uma coisa e nem outra. 

Neste texto ele nos mostra a força que o pecado pode exercer sobre uma pessoa que se entrega a ele.
 
Ez 18:20a a Bíblia diz “...Aquele que pecar é quem morrerá....” Rm 6:23a “Pois o salário do pecado é a morte...”

Vamos ser práticos, se tudo conspira para que sejamos maus, a nossa volta nos induz a fazer o que não presta, vemos aqueles que não servem a Deus “prosperando” e muitas vezes às nossas custas, pode-se perguntar onde esta Deus? Ou por que lutar contra isso?
 
Calma! Deus continua sendo Deus e esta no controle de tudo e sobre todos!! Ele nunca sequer empatou, não vai perder! 
Por que Ele já venceu!!
 
TEMOS QUE ROMPER COM O PECADO!
 
Algumas situações precisam de uma radicalidade que talvez ainda não tenha usado, corte da sua vida o que te faz pecar, por exemplo: Se a internet te faz pecar tira a internet da sua vida! Puxa pastor, mas preciso de internet para pagar conta, para comprar... use de alguém por tempo limitado e sobre supervisão... pode parecer duro, mas certamente nessa área você não cai mais.
 
Todos nós sabemos onde temos caído sempre, a questão é: Queremos mudar? Se a resposta for sim, voltamos para o texto de Cl 2, notem as palavras do Ap Paulo versículo 6 e 7, “Portanto assim como vocês receberam a Cristo Jesus, o Senhor, continuem a viver Nele, enraizados e edificados Nele, firmados na fé, como foram ensinados, transbordando de gratidão...”
 
Este é o segredo para vencermos! Por que quando Cristo na Cruz pagou o preço da nossa Vida com Seu Sangue, Ele nos resgatou nos trazendo de volta de onde nunca deveríamos ter saído. TODA nossa dívida com o Inferno foi paga na cruz, nos dando direito à Liberdade. Liberdade do pecado, liberdade para escolher servir e adorar a Deus, liberdade para demonstrar todo nosso amor e gratidão ao SENHOR e de bônus Ele expôs à vergonha o Diabo e os demônios. Quando pensavam estar ganhando, JESUS tomou tudo aquilo que tínhamos perdido no Éden e nos devolveu a posição que Deus projetou para nós.
 
Agora TODA Autoridade no Céu, na terra e embaixo da terra está em Jesus. Cl. 2:15 diz que: "Ele despojou principados e potestades", quer dizer que ele TOMOU desses a autoridade. Que autoridade é essa? Era a autoridade para acusar os eleitos segundo Ap 12:10; Rm 8:33-34, agora o que nos resta fazer é o que mencionamos acima, versos 6 e 7, viver em Jesus, nos aprofundarmos cada vez mais Nele, firmar nossa fé Nele, buscar ensino do Senhor, para não sermos enganados por qualquer vento de doutrina e nem um novo “revelamento”  do momento, (ventos de doutrina que não possuem qualquer respaldo na Palavra e no Espírito de Deus) e sempre sermos gratos ao SENHOR e às pessoas que contribuíram para nosso crescimento com Deus.
 
Vamos viver em Cristo, renovar nosso modo de pensar, como em Rm. 12:2, para que juntamente com Ele possamos experimentar o "Viver cheios do Espirito Santo", ver e viver e assim podermos ser usados para praticar milagres e ser agentes de transformação de vidas.

Daniel Damásio, Pastor
Igreja Betlehem 

Perdão dos Pecados - Série: Os Benefícios da Cruz


 

...Quem é esse que até perdoa pecados?" Luc 7:49

Antes de tudo o que precisamos entender é que todos nós somos indesculpáveis no desconhecimento de Deus,  pois podemos percebê-lo por meio da criação.

Assim, através dos séculos o sentimento envenenador da culpa tem se apoiado no ineficaz remédio da religiosidade, ou seja: temos inventado desculpas para nossos erros (pecados), dizendo:  - "Acho que o que fiz não é errado" ou "Deus não se importa com o que fazemos", "Vamos fazer essa caridade para compensar o que não entrego a Deus" ou ainda,  "faço isso por causa da minha família (do meu chefe ou do meu líder), etc.

Mas todo mundo faz isso...fugimos e nos escondemos nos comparando com os piores exemplos. Criamos boas teses e explicações lógicas para não fazer ou respeitar os desígnios de Deus.

E o que são pecados? Tudo que nos afasta de Deus. 

Tudo que fazemos sem amor e propósito. Tudo que deixamos de fazer com bondade ou desprovidos do desejo fazer o bem.

Ou quando fazemos alguma coisa a um semelhante usamos de raiva ou agressividade. Cada atitude de falsidade e egoísmo, são alguns exemplos de tudo que nos afasta do que Jesus espera de nós.

Logo o primeiro passo em direção a Deus nos leva ao constrangimento, por isso, muitos ao chegar na Igreja choram sem nem entender o porque. (Eu sigo chorando toda vez que a Luz invade alguma escuridão do meu coração).

Se dissermos que não temos pecado nenhum, a nós mesmos nos enganamos e a verdade não está em nós. 1Jo 1:8

A justiça vem, a conta vem, a responsabilidade bate a porta...sim tudo têm consequências.

E nos momentos mais decisivos pensamos e agora? o que foi que fiz?
Assim  somos colocados por Deus para fazer uma escolha de vida ou morte (espiritual ou real muitas vezes)

Entretanto são muitas as oportunidades e tentativas de socorro que Ele nos envia... sabemos muito bem disso

Estes dias  me parece um tempo destes...

Escute muito bem:

"Tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que 
constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu-o inteiramente, cravando-o na cruz;" - Col 2:14

Porém, lembre-se que  há o condicional da oração que Jesus nos ensinou: "perdoa os nossos pecados assim como nós perdoamos aqueles que pecaram contra nós."

Mais um adendo para aqueles que ou pensam que tem a vida tão "lindinha" que pouco precisam do sacrifício de Jesus ou tem a vida tão suja que não tem mais jeito. As duas coisas estão envolvidas em muito engano. Vamos nos expor à Luz!!!

Para encerrar: -  Lucas 7:41-50 - "Certo credor tinha dois devedores: um lhe devia quinhentos denários, e o outro, cinqüenta. 

Não tendo nenhum dos dois com que pagar, perdoou-lhes a ambos. Qual deles, portanto, o amará mais? Respondeu-lhe Simão: Suponho que aquele a quem mais perdoou. Replicou-lhe: Julgaste bem. E, voltando-se para a mulher, disse a Simão: Vês esta mulher? Entrei em tua casa, e não me deste água para os pés; esta, porém, regou os meus pés com lágrimas e os enxugou com os seus cabelos. Não me deste ósculo; ela, entretanto, desde que entrei não cessa de me beijar os pés. Não me ungiste a cabeça com óleo, mas esta, com bálsamo, ungiu os meus pés. Por isso, te digo: perdoados lhe são os seus muitos pecados, porque ela muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama. Então, disse à mulher: Perdoados são os teus pecados. Os que estavam com ele à mesa começaram a dizer entre si: Quem é este que até perdoa pecados? Mas Jesus disse à mulher: A tua fé te salvou; vai-te em paz."

O "Credor, tinha 2 devedores um que devia pouco e outro muito e NENHUM DOS DOIS TINHA COM O QUE PAGAR...

Parece que quem acha que tem pouco a ser perdoado - Ama pouco. E quem entende que há muito para ser perdoado e que esta dívida é realmente impagável - Ama muito!

Karla T.T. Fernandes, Profetisa
Igreja Betlehem